quinta-feira, setembro 03, 2009

Vinte e Nove



Perdi vinte em vinte e nove amizades
Por conta de uma pedra em minhas mãos
Me embriaguei morrendo vinte e nove vezes
Estou aprendendo a viver sem você
(Já que você não me quer mais)
Passei vinte e nove meses num navio
E vinte e nove dias na prisão
E aos vinte e nove, com o retorno de Saturno
Decidi começar a viver.
Quando você deixou de me amar
Aprendi a perdoar
E a pedir perdão.
(E vinte e nove anjos me saudaram
E tive vinte e nove amigos outra vez)
[Legião Urbana]

7 comentários:

MR disse...

Acho que nao tenho nenhum CD do Legião. Só um bem gay do RR, em italiano, um saco.
Nunca me fez falta não ter, tocava Legião em todo lugar. Não sinto saudades, mas quando ouço, me lembra juventude. (Nao sou tao velho assim tambem)

Flor disse...

Eu preciso dizer que se Legião não existisse, teria que ser inventada! =)

Um beijo.

matheus disse...

muito bom

legião até que é legal haha

Jou Jou Balangandã disse...

Cris, Legião pra mim tem gosto de descoberta de rock and roll ... obrigada por me trazer essa lembrança!

Bom feriado!

Ágatha Alves disse...

Meu Deus legião urbano é de mais
letras sempre sabias...
amei

beijos

Daniel disse...

Essa música é muito bonita, e me lembro que a vi ser lançada pela banda. Não sou tão fã da Legião Urbana, mas gosto e respeito porque é muito boa.

bj

Deusa Odoyá disse...

Olá minha doce amiga Cris.
Até hoje eu sinto saudade daquela banda.
E essa música foi uma das mais bonitas.
Parabéns por homenagear essa banda que foi o glamour de seus tempos.
Uma semana de muitas realizações e paz.
Obrigado por sua visita ao meu cantinho.
Espero que voltes sempre.
fique na paz.
Regina coeli.