domingo, abril 22, 2007

"Venho de onde não existe tempo,
Mas sou eterno agora,
Por isso nada é longe,
Não há morte,
Não há tempo,
Não há espaço,
Não há azar e nem sorte,
Por tudo isso,
fica o amor,
e fica o abraço,
Bem-vindos a vida,
Tudo é trama,
tudo é laço,
Não há fim e nada cessa,
Tudo que existe,
Só começa".

3 comentários:

Janaina disse...

Belo texto!!!

Adriano Villa disse...

Boa noite, como vai? Espero que bem... Li sua postagem pois estava procurando por uma poesia, pois queria saber o nome do autor, os últimos versos é dele: bem-vindos a vida, tudo é trama... vc saberia me dizer o nome desse autor por gentileza? Se tiver um tempo, passa no meu também, www.villadaspalavras.blogspot.com, felicidades

Junio Indiara disse...

Porque a morte, é apenas uma viagem...